cancioneiro escutista

Músicas

Agora que estás em casa podes praticar ainda mais algumas músicas que fazem parte da vida de qualquer escuteiro.

É bem possível que qualquer uma delas te traga boas memórias de momentos únicos vividos nos escuteiros.

Fica o desafio, canta sozinho ou junta-te por videochamada com a tua Patrulha ou Unidade, ou ensina então aos teus pais ou irmãos.


Quem, ao cantar «Minha Promessa atende…», não sente um nó na garganta e uma lágrima sorridente a acompanhar – seja na primeira vez que põe o lenço, seja no renovar da promessa?

Asensação de humildade e de pertença quando dizemos que somos “grãozinhos de uma praia maior”.

Marcante como nos ajuda a celebrar o que somos e temos, tanto com uma viola à volta de uma fogueira como numa cerimónia litúrgica em comunidade.

Cantada, porque «quem canta, reza duas vezes» e, com a melodia, se fixa melhor a letra.

Hino da nossa profissão de fé, na missão de sermos “realizadores de sonhos” em qualquer idade.

Relembra-nos, nas palavras do fundador, a conduta e autonomia de um escuteiro

Talvez dos hinos mais antigos e mais cantados, por jovens dos 7 aos 77, que inspira “aquele orgulho”, sempre nosso, de sermos escuteiros – «Somos, da flor, a fragrância…»

É a palavra dada aos Caminheiros, para relembrar e orientar o seu percurso de vivência no Clã.

Como, de atividades que marcam para a vida, saem recados intemporais para sermos “mais e melhor”.

Às vezes, e só porque nos faz sentir bem, cantamos a alegria do que somos e de como vivemos, e a própria música faz-nos sentir mais alegres e mais vivos – é um ciclo bom.

Deus está aqui!


Letra e Acordes